​​​​​​

SEEP Instalações de Elevação

Com a entrada em vigor da legislação relativa ao desempenho energético dos edifícios tem existido uma preocupação cada vez maior em avaliar os vários componentes e sistemas dos edifícios com o objetivo de identificar o seu potencial e promover a sua eficiência. As instalações de elevação não são exceção e foram considerados recentemente um sistema técnico dos edifícios e estima-se que são responsáveis por 3 a 5% do seu consumo, mas é preciso avaliar o seu potencial de poupanças energéticas, tendo sido recentemente publicada uma norma que permite fazer uma avaliação do seu desempenho energético, a ISO 25745 partes 1 e 2.

Com base nesta norma, e conforme previsto na portaria 349-D/2013, de 2 de Dezembro, a ADENE desenvolveu a etiquetagem energética de instalações de elevação, que permite assim avaliar o desempenho energético do elevador e eventuais poupanças que cada instalação poderá gerar, indo de encontro aos objetivos da legislação em vigor.

As instalações de elevação abrangem os seguintes equipamentos que são avaliados:

  • Ascensores
  • Escadas mecânicas
  • Tapetes rolantes


Benefícios:

  • Escolha consciente de produtos energeticamente mais eficientes;
  • Melhoria do desempenho energético do edifício;
  • Redução da fatura energética;
  • Disponibilização de informação exclusiva sobre o produto adquirido;
  • Garantia de qualidade que o sistema oferece na emissão e fiscalização das etiquetas;
  • Rigor e controlo de qualidade dos produtos etiquetados.

O conhecimento do desempenho energético vai ajudar às entidades gestoras de edifícios conhecerem a verdadeira dimensão do consumo de energia destes equipamentos e definir eventuais medidas de beneficiação que permitam reduzir o seu consumo.

Desenvolvimento da metodologia

A metodologia foi realizada com o apoio do Instituto de Sistemas e Robótica da Universidade de Coimbra.

Mais Informações

​​​​​​​​